Justiça libera uso de patinetes sem capacete em SP

Justiça libera uso de patinetes sem capacete em SP

Publicado em

Circulação na calçada segue proibida. Decisão não trata do cadastramento das empresas na Prefeitura, que foi o que provocou as apreensões.


O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou a suspensão da obrigatoriedade do uso de capacete pelos usuários de patinetes elétricos. A decisão, em segunda instância, é uma resposta a um recurso da Grow. A empresa recorreu após ter o pedido negado pela Justiça para suspender o decreto municipal que regula o uso dos veículos.


Sem a obrigatoriedade, a decisão diz que os usuários devem ser "devida e formalmente advertidos dos riscos da atividade sem o referido equipamento de proteção". O texto segue proibindo a circulação em calçadas, "sem qualquer exceção".


No entanto, a decisão não trata sobre o cadastramento na Prefeitura de São Paulo, que foi o que motivou a apreensão dos patinetes. Nesta quinta-feira (30), o secretário municipal de Mobilidade e Transporte de São Paulo, Edson Caram, disse que isso foi feito porque as empresas responsáveis pelos veículos na cidade estão operando “à margem da lei”, já que não fizeram o cadastro necessário na Prefeitura.


No dia 14 de maio, a Prefeitura de São Paulo publicou um decreto provisório que regulamenta o uso dos patinetes e diz que a exploração do serviço "depende de prévio cadastramento das empresas”.


A ação da Grow contesta o decreto. Na liminar, a empresa alega que ele "cria obrigações e restrições severas", e, como consequência, as operações da empresa estão sob o risco de serem "potencialmente inviabilizadas".

 

FONTE https://g1.globo.com
 

Praia Grande Cidade 22/01/2022 às 18h19 Brasil

Veja Também

Comentários

Adicionar Comentário
sentiment_dissatisfied

Opsss... Ainda Não Temos Comentários Para Exibir!

Deixe Seu Comentário

Faça Sua Avaliação!